Dadaab

Dadaab é o maior campo de refugiados do mundo, atingindo mais de 450.000 pessoas no segundo semestre de 2011. Com os avanços do grupo Al Shabaab na Somália, mais de 140.000 somalis fugiram do país, se refugiando do outro lado da fronteira queniana ou etíope. Com a superpopulação do complexo de Dadaab (construído nos anos 80 para abrir o máximo de 90.000 pessoas), milhares de refugiados começaram a ocupar as regiões do entorno de Dadaab, causando uma crise humanitária ainda maior.